Dulce Damasceno, de Casa Branca a Hollywood

Viver ao lado dos grandes astros do cinema e da música e conhecer detalhes da vida pessoal deles são privilégios de poucos – principalmente quando esses astros moram em Hollywood, Los Angeles, o lugar mais “cobiçado” do mundo. Foi nesse universo que uma brasileira, da cidade de Casa Branca, interior de São Paulo, viveu por 16 anos e conheceu grandes estrelas da indústria cinematográfica mundial, entre 1952 e 1968.

Dulce Damasceno de Brito (1927-2008) começou a escrever cedo para uma revista de cinema, após ter enviado cartas ao editor. Era autodidata e até inglês conseguiu aprender sozinha. Adjetivos que levaram a Revista Cruzeiro (Diários Associados) a contratá-la.

Dulce com Marilyn Monroe e Yves Montand em 1962, no restaurante do Beverly Hills Hotel, durante pausa das filmagens de “Adorável Pecadora”.

Na capital mundial do cinema, Dulce foi vizinha de Marlon Brando, o galã de Hollywood que não falava com jornalista, concedeu-lhe três entrevistas. Ao contrário do que ocorre hoje, ela tinha trânsito livre nos estúdios.

Dulce entrevistou muitos artistas famosos como Marilyn Monroe, Clark Gable, Elizabeth Taylor, Rock Hudson, Doris Day, Gary Grant, Marlene Dietrich, James Stewart, Charlton Heston, Audrey Hepburn, John Wayne, Jane Wyman, Sophia Loren, James Dean, Barbara Stanwyck, Gregory Peck, Walt Disney, Grace Kelly, Carmem Miranda (amiga e confidente de Dulce, que estava na casa dela na noite de sua morte).

Naquela época, numa imprensa em que não havia o gravador, para comprovarem que tinham entrevistados determinada personalidade, os jornalistas eram obrigados pelas chefias de redação a tirar uma foto com a personalidade.

Dulce é autora dos livros ABC de Carmen Miranda e Hollywood Nua e Crua (em dois volumes). Em 2006, ela lançou pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, dentro da Coleção Aplauso, o livro Lembranças de Hollywood, com 140 evocações em ordem alfabética por sobrenome de 140 celebridades do cinema, entre atores, atrizes e diretores.

Sozinha, Dulce Damasceno morreu aos 81 anos de embolia pulmonar e problemas cardíacos, em São Paulo.

 

Foto 05 – Dulce com Marilyn Monroe e Yves Montand em 1962 no restaurante do Beverly Hills Hotel, durante pausa das filmagens de Adorável Pecadora (Foto: Google).

Foto 06 – Dulce com Carmem Miranda (foto: Google)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s